Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski: o pior castigo do homem é sua consciência

Resenha por Mariana Makluf Crime e Castigo (1886) é considerada uma das maiores obras da literatura mundial, e segue tendo grande influencia na literatura devido ao seu caráter caótico e impecável ao apresentar ao leitor a condição humana de forma bruta. Aliás, o marcante existencialismo presente na obra é visto também na maior parte (talvez [...]